domingo, 24 de junho de 2012

Mensageiros distraídos

Lendo mensageiros distraídos (Jesus no Lar - Neio Lúcio/CX - capitulo 23) associei imediatamente as atividades no centro espírita, pois com o acesso aos ensinamentos que a Doutrina Espírita, nós os trabalhadores de nossas casas, podemos nos comparar aos mensageiros que se endereçam ao socorro dos servos que se encontravam em estado febril. Quem seriam esses servos do reino que precisavam de auxilio? todos que buscam nossas casas por problemas diversos (materiais e/ou espirituais).
Até o momento, nenhuma novidade, porém a mensagem fala das discussões no percussão e a divisão do grupo devido a diferença de opiniões, coisa rara na casa espírita... que nada! toda associação humana, logo com o uso de suas faculdades intelectuais (ou não), resultam em discussões e divisões.
Penso que o ensinamento deixado na mensagem é clara, temos (estou incluso) de deixar de tamanhas argumentações sem-fim para focar no objetivo que é o objetivo da caridade, que é altruísta antes de tudo. Para não ocorrer como resultado o atraso e a ineficácia em nossas ações.

Lembrando uma questão exposta no evangelho segundo o Espiritismo (capitulo XI item 15), "devemos nos sacrificar mediante o holocausto por um malfeitor?" com a resposta de Lamennais "Podeis salva-lo? Salva-o!".

Boa semana, luz e paz.

0 comentários:

Tirinhas da Mariana

Tirinhas do Cabeça Oca